Maca Peruana: o que é, benefícios e como tomar

Graças a grande facilidade de acesso a informação que temos hoje em dia, via internet, televisão e rádio, é possível conhecer novos alimentos e suas propriedades. Com a maca peruana não foi diferente, e hoje no Brasil, o interesse da população por esse alimento cresce constantemente, e claro, as dúvidas sobre sua utilização e possíveis efeitos também.

E claro, nós da Império do Corpo não poderíamos deixar de repassar tudo que você precisa saber sobre a maca peruana! Continue lendo e tire todas as suas dúvidas!


maca peruana

Maca peruana: O que é?

O próprio nome já nos traz um bom motivo para termos dúvidas quanto o que é a maca peruana e porque a maioria das pessoas sabe tão pouco sobre ela. Por ser nativa da região dos andes Peruanos, demorou algumas décadas para que o interesse científico notasse este alimento e sua fama se disseminasse pelo mundo. Mas afinal: o que é maca peruana?

Bem, a maca peruana (Lepidium meyenii) trata-se de um tubérculo da “família” dos rabanetes, brócolis, couve folhosa e couve-flor, de textura bastante perene, e que diferentemente de muitas plantações, cresce em solos bastante pobres e inóspitos, com grandes variações de temperatura e pouco oxigênio. Em condições tão precárias, só poderia crescer um alimento de muita força e propriedades marcantes, não é? E é o caso da maca!

Sua estrutura lembra bastante a do rabanete, com cores diversas, podendo variar entre branco, amarelo, marrom e roxo, fato este que não altera nenhuma composição de nutrientes e sabor da maca. Quanto ao tamanho, a maca peruana apresenta diâmetros entre 5 e 7 centímetros.

No Brasil, seu consumo é feito através do pó da maca, o que não altera em nada sua alta concentração de proteínas, minerais, vitaminas e fibras, o que a torna sem sombra de dúvidas, um excelente recurso para quem busca uma alimentação saudável.

Para que serve a Maca Peruana?

O principal potencial de ação da maca peruana está relacionado com questões hormonais, que antes do conhecimento das propriedades da maca, eram controladas unicamente com medicações. Mas afinal, quem não prefere resolver questões relacionadas com a saúde utilizando recursos naturais? E isso é possível com o consumo da maca peruana! Veja algumas das funcionalidades da maca:

  • Fertilidade: O consumo da maca peruana está diretamente ligado ao aumento da fertilidade devido a sua capacidade de  aumentar a concentração de sêmen e também espermatozóides. Um estudo de caso realizado no estado de São Paulo, com um paciente de 31 anos diagnosticado com oligospermia (sêmen com poucos espermatozóides) e submetido à suplementação de maca peruana pelo período de 1 ano apresentou como resultados o aumento da quantidade de esperma, maior produção de espermatozóides e também maior vitalidade dos mesmos, fatores estes indispensáveis para uma concepção de sucesso.
  • Aumento da Libido: Não é a toa que um dos nomes populares da maca peruana seja “Viagra dos Incas”. O seu consumo é capaz de aumentar o apetite sexual e estimular neurotransmissores relacionados com a sensação de prazer. Além disso, a maca peruana tem o poder de otimizar o fluxo de sangue corporal, principalmente na zona pélvica, o que já é conhecido como um fator fundamental para manter o vigor sexual. Acredita-se também, que seus poderes “afrodisíacos” esteja relacionado com o aumento nos níveis de testosterona nos organismos dos indivíduos.
  • Equilíbrio hormonal e menopausa: Como a maioria das pessoas sabe, a menopausa causa diversos sintomas indesejados nas mulheres como fadiga, fogachos, suor excessivo, diminuição da libido, ressecamento da pele, oscilações de humor, etc. Este são controlados através de tratamentos de reposição hormonal, mas como já é de conhecimento público, estes tratamentos vêm acompanhados de diversos efeitos colaterais indesejados. Com o consumo da maca peruana, estes sintomas são consideravelmente reduzidos, graças ao potencial regulador que sua composição exerce nas glândulas endócrinas do nosso corpo. E o melhor: não apresenta os efeitos dos tratamentos medicamentosos tradicionais.
  • Longevidade e manutenção do aspecto de juventude: O processo de envelhecimento é algo natural e esperado por todos nós, de forma que é impossível estacioná-lo completamente. Mas seria interessante reduzir um pouco a velocidade com que isso acontece, não é? Bem, graças ao potencial antioxidante da maca peruana, é possível “proteger” nossas células dos radicais livres, que causam doenças graves como o câncer e o nosso envelhecimento. Ou seja: Se você fizer uso da maca peruana (associada a outros hábitos saudáveis como evitar bebida alcoólica, cigarro, manter uma alimentação balanceada e praticar exercícios) os sinais de envelhecimento demorarão um pouco mais para começar a aparecer!
  • Controle e prevenção do diabetes: Como todo alimento rico em fibras, a maca peruana apresenta um baixo índice glicêmico, ou seja: Evita a sobrecarga do pâncreas devido à grande quantidade de insulina secretada para dar conta dos excessos de açúcar no sangue, comumente causado por alimentos de baixo índice glicêmico. Em resumo, ela controla a glicemia de quem já possui diabetes e ajuda a prevenir o desenvolvimento da doença em pessoas sadias.
  • Prevenção e tratamento da anemia: A anemia ferropriva, como se sabe, se apresenta devido à carência de de Ferro no organismo, o que é extremamente grave, visto que o Ferro é necessário para produção das células vermelhas do sangue e transporte de oxigênio aos tecidos do corpo. Geralmente, a necessidade de Ferro costuma oscilar entre 8 e 11mg (homens) e 15 a 18mg (mulheres). Com o consumo da maca peruana, torna-se mais fácil atingir estas necessidades diárias, principalmente para pessoas que não costumam consumir alimentos ricos em Ferro. Em 100 gramas de produto, conseguimos obter cerca de 16mg de Ferro! Incrível, não é?
  • Prevenção da Osteoporose: A osteoporose atinge principalmente o público feminino em fase de menopausa, por conta da redução de hormônios protetores do tecido ósseo como o Estrógeno. Neste contexto, é fundamental que a oferta de Cálcio seja constante para que assim seja possível prevenir a doença. A maca peruana apresenta, em 100 gramas de produto, cerca de 150mg de Cálcio, ultrapassando alimentos conhecidos como FONTE deste mineral, como por exemplo o Leite, que em 100 gramas apresenta apenas 100mg de Cálcio.
  • Tônico revigorante natural: A maca peruana tem o poder de revitalizar o organismo e melhorar as condições imunológicos, promovendo maiores estímulos físicos e mentais, ou seja: Revigora corpo e mente! Alguns profissionais do ramo da fitoterapia, inclusive, recomendam o uso da maca no tratamento de doenças como a Síndrome da Fadiga Crônica, pois assim reduz a fadiga mental e restaura a energia de pessoas idosas.
  • Recuperação de inflamações por lesão: Embora o mecanismo de ação neste caso não esteja bem elucidado, existem relatos de nativos da região dos Andes sobre a cura de inflamações causadas por lesões em articulações, joelho e cotovelo. Acredita-se que a maior parte da população não utilize tratamentos médicos para estes casos, apenas consomem a maca peruana constantemente, e as dores desaparecem.
  • Melhora do humor: Graças ao seu impacto hormonal, o uso da maca peruana parece consegue atenuar alguns quadros de ansiedade, estresse e alterações no humor, o que pode estar associado ao efeito positivo causado aos neurotransmissores responsáveis pela sensação de prazer.
  • Melhora do aspecto da pele: Há relatos de pessoas que obtiveram uma melhora significativa na pele, em relação à pequenas manchas e acne. Além disso, a maca peruana parece exercer um poder fortificante e protetor à pele para climas extremos (calor e frio excessivos).
  • Proteção Cardiovascular: Em um país onde as doenças cardiovasculares atingem níveis cada vez maiores, é muito importante utilizar a prevenção como aliada. A maca peruana é uma excelente opção para esta finalidade pois possui ômega 3 e ômega 9, responsáveis por regular os níveis de colesterol, aumentando o HDL (colesterol “bom”) e diminuindo os níveis de LDL (colesterol “ruim”), fatores estes que são fundamentais para manter a saúde cardiovascular em dia.
  • Ganho de massa magra: Como já comentamos aqui no blog, a testosterona é um dos hormônios envolvidos no anabolismo. E como mencionamos anteriormente, a maca peruana estimula a produção de testosterona, fator muito positivo para quem busca aumento de libido, por exemplo. Ou seja: a maca peruana é totalmente indicada para quem busca ganho de massa muscular! Este aumento na produção de testosterona se dá devido a presença de uma substância chamada Diindolylmethane (DIM), e o melhor: Todo esse processo se dá de forma fácil e natural, muito diferente dos artifícios ilícitos e repletos de efeitos colaterais que alguns praticantes de atividades físicas utilizam para chegar mais rápido ao seu objetivo (hormônios sintéticos). Além da  Diindolylmethane, a maca peruana também contém Zinco, mineral fundamental para que a produção de testosterona seja feita com sucesso. Notícia incrível para os amantes da musculação, não é?

maca peruana como tomar

Maca Peruana: Como Tomar?

No Peru, além de consumir a maca peruana cozida, da mesma forma como cozinhamos batatas por exemplo, os nativos costumam ferver a raiz e produzir uma espécie de suco, que tem sabor levemente adocicado, com sabor semelhante a amendoim. Também costumam utilizar o suco para preparar vitaminas, liquidificando a maca com ovos e leite. É um pouco difícil encontrar as raízes fora do Peru, mas se um dia você se deparar com elas, já sabe como prepará-las, certo?

Fora do Peru, a principal forma de consumo da maca peruana é em pó e em cápsulas. A dose indicada e comprovadamente segura costuma variar entre 500mg e 1200mg/dia, iniciando a suplementação com o valor mais baixo e aumentando gradativamente a dosagem. No caso da ingestão em pó, você pode adicioná-la a diversos alimentos e preparações durante o dia até que se atinja a quantidade indicada.

No início do uso do produto, é comum que se estranhe um pouco o sabor (no caso da ingestão em pó), mas com o tempo e escolhas corretas de alimentos para ingerir juntamente com o pó, você vai acostumar rapidamente. Veja alguns exemplos de como incluí-la na sua alimentação e onde adicioná-la:

  • Saladas: Um mix de folhas, vegetais cozidos e temperos naturais  recebe muito bem uma dose de maca peruana, e o melhor: Não exige muito preparo, apenas adicione o pó à salada já pronta e misture bem.
  • Iogurtes: Esta também é uma maneira fácil e rápida de inserir a maca peruana na sua alimentação. Adicione o pó ao iogurte e caso o sabor esteja muito presente, adicione uma porção de fruta à mistura (morangos são uma ótima opção pois combina doçura e acidez, o que minimiza o sabor da maca).
  • Cafés e chás: Esta é uma maneira pouco utilizada para inserir a maca peruana, porém algumas pessoas só conseguem incluir o pó nestas bebidas. Deve-se ter cuidado apenas com a temperatura das bebidas, que não podem estar demasiadamente quentes, para que as propriedades da maca não se percam com o calor.
  • Sopas: Sopas bem temperadas são uma ótima opção para adicionar a maca, pois o sabor passa praticamente despercebido. Se você está começando a ingerir a maca peruana agora, esta é uma ótima opção para começar a se acostumar com ela. Fique atento apenas a temperatura!
  • Porções de frutas: Esta opção tende a ser mais fácil para quem já está um pouco mais habituado com o sabor, pois embora haja a doçura da fruta, o sabor do pó acaba ficando bastante presente. Adicione a sua porção de maca às suas frutas picadas e prontinho! Só comer!
  • Sorbet de frutas: O sorbet é uma alternativa ao sorvete tradicional, porém feito a partir do trituramento de frutas congeladas, que resultam em uma consistência muito similar ao sorvete, porém muito mais natural. A maca peruana entra exatamente no momento em que se tritura as frutas, pois acaba auxiliando no “ponto” do sorbet. Depois de triturá-la com as frutas e congelar por mais alguns minutos, é só comer!
  • Vitaminas de frutas: Vitaminas com leite, frutas e cereais também são ótimos aliados da maca. Você só precisa adicionar o pó à sua vitamina e bater no liquidificador. O sabor do pó fica praticamente imperceptível!
  • Pratos quentes: Algumas pessoas preferem servir sua refeição de grande porte (almoço ou jantar) e adicionar o pó acima ou embaixo dos alimentos no prato. Assim como as bebidas quentes, este método deve ser realizado com alimentos em temperaturas mornas, para preservar as propriedades.
  • Molhos frios: Sabe aquele molho super natural que você mesmo prepara, com muitos temperos e azeite de qualidade? Pois bem, pode-se adicionar a maca peruana aos molhos e regar os seus alimentos com ele!

Já as pessoas que vivem uma rotina mais corrida e não conseguem carregar o produto para adicioná-lo às preparações durante o dia, as cápsulas são uma excelente opção, e o melhor: Você não erra a quantidade, pois só precisa fracionar a quantidade de cápsulas durante o dia, até atingir o valor estipulado.

É importante lembrar, entretanto, que embora exista um consenso sobre a segurança e aplicabilidade destas quantidades, é indispensável que você procure um nutricionista, para que este profissional possa avaliar a sua necessidade individual e recomendá-la a você.

para que serve a maca

Tabela Nutricional:

Nada como a tabela nutricional dos alimentos para termos certeza sobre sua composição, certo? Veja só a distribuição de nutrientes em 100 gramas de maca peruana EM PÓ:

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Porção: 100g

QUANTIDADE POR PORÇÃO
  • Valor energético
314 Kcal
  • Carboidratos
66,3g
  • Proteínas
11,8g
  • Gorduras totais
1,6g
  • Fibras
3g
  • Cálcio
150mg
  • Ferro
16mg

Maca peruana emagrece?

No momento em que vivemos, onde o carboidrato tornou-se o vilão da vez entre as dietas populares, existe uma certa resistência em acreditar que um alimento tão rico neste macronutriente possa ser utilizado na perda de peso. Mas o que deve ser observado na maca peruana é a quantidade de fibras que ela apresenta. Graças a estas fibras é possível proporcionar ao organismo uma sensação de saciedade duradoura, que evita que o indivíduo sinta fome muito rapidamente e ingira muitos alimentos.

Portanto, podemos afirmar que sim, a maca peruana auxilia na perda de peso se estiver associada com uma alimentação saudável.

Maca Peruana: Contraindicações

Embora trate-se de um produto totalmente natural, devemos lembrar que, como já comentado, sua composição afeta diretamente alguns mecanismos hormonais e portanto não devem ser consumidos por determinados públicos. São eles:

  • Crianças: Por estarem em frequente estado de desenvolvimento metabólico, corporal, mental e hormonal, o consumo da maca peruana está totalmente desaconselhado. Além do mais, crianças não apresentam nenhum dos distúrbios descritos anteriormente, para os quais a maca peruana é normalmente recomendada, portanto, não há necessidade de utilizar a suplementação nesta fase da vida.
  • Mulheres grávidas: As gestantes não são aconselhadas a ingerir maca peruana, pois já estão em um ciclo hormonal bastante intenso, e claro, repassando todos os nutrientes para o feto. Portanto, nada de maca para as gestantes!
  • Lactantes: Como lactante, a mulher segue alimentando o bebê a partir dos nutrientes contidos no leite materno, que por sua vez, é influenciado pela sua alimentação. Portanto, a maca também não é recomendada a este público.
  • Portadores de câncer (função hormonal): Pessoas portadoras de câncer relacionado ao sistema hormonal (como o de ovário, mama, útero, etc..) também estão desaconselhadas a utilizar a maca, pois devido ao seu potencial de ação, pode haver uma piora do quadro do paciente. Em casos de outras doenças sistemas, virais ou crônicas, consulte sempre seu médico para avaliar suas condições em ingerir o suplemento, ok?

Maca peruana: Efeitos Adversos

A maca peruana não apresenta efeitos adversos documentados até o presente momento, afinal trata-se de um suplemento totalmente natural e sem adição de nenhuma substância química. Portanto, pode ser consumido tranquilamente por pessoas saudáveis e que não se encaixem nos grupos para os quais são contraindicados.

Sou Celíaco, posso consumir a maca peruana?

Como foi explicado anteriormente, a maca peruana é produzida única e exclusivamente a partir do tubérculo, portanto não possui glúten em sua composição. Porém, é importante que você esteja atento ao rótulo, pois não é incomum que alguns fornecedores utilizem o mesmo maquinário usado para processar e produzir cereais como aveia, trigo, cevada, centeio). Portanto, fique de olho na embalagem!

Já utilizo outros suplementos, posso usar a maca?

Se você treina pesado, certamente utiliza suplementação como suporte para atingir seus objetivos com sucesso. Quanto à utilização da maca peruana dentro de um plano alimentar que já contém outros suplementos, você pode ficar tranquilo: O uso está liberado e não oferece risco de prejudicar seus treinos e resultados, pelo contrário! Além de ser uma excelente fonte de carboidrato complexo, como comentamos anteriormente, seu uso também estimula a produção de testosterona, o que é uma grande ajuda para o sucesso da sua suplementação e ganho de massa.

A maca peruana prejudica o efeito de anticoncepcionais?

Esta é uma dúvida muito comum do público feminino quando começa a pesquisar sobre a maca peruana, afinal o suplemento ativa respostas hormonais, e os anticoncepcionais também. Mas afinal, existe risco de a maca anular o efeito da medicação?

Bem, a resposta é não. Se você se interessou pelas propriedades da maca, mas ficou com medo de consumir o produto por conta do seu uso de anticoncepcionais, pode ficar tranquila! Continue consumindo sua medicação corretamente e utilize a maca tranquilamente!

É necessário fazer pausas no consumo da maca peruana?

Não há indícios científicos que comprovem a necessidade de fazer pausas no consumo da maca peruana, porém, alguns profissionais indicam o consumo por um mês, seguido de uma pausa de uma a duas semanas, o que é benéfico no sentido de se conseguir acompanhar com mais clareza os efeitos da maca, pois durante a pausa, você consegue perceber os benefícios conferidos ao seu corpo.

Na dúvida, consulte o seu médico ou nutricionista e avalie o seu caso individualmente para o consumo da maca.

Maca Peruana: Onde Comprar?

Como toda suplementação, nem todas as marcas de maca peruana são confiáveis e/ou entregam um produto de qualidade e composto totalmente pela planta, o que acaba ocasionando uma resposta ineficaz ao tratamento com o produto. Por essa razão, é fundamental que você adquira o produto de uma fonte confiável.

Mas isso não é um problema para você nosso leitor, não é? Afinal nós da Império do Corpo somos comprometidos com produtos da melhor qualidade, e com a maca peruana não é diferente!

Visite nosso site e escolha a sua maca peruana e comece a se beneficiar com suas maravilhosas propriedades!